Aokigahara - a floresta dos suicidas





Aokigahara é uma floresta que fica localizada na base noroeste do monte Fuji, no Japão. É uma floresta que abrange cerca de 35km² e é um dos pontos turísticos mais populares da região...

 A floresta de Aokigahara (também conhecida pelo nome "Mar de Árvores") possui uma grande densidade de árvores, por essa razão o vento jamais penetra em seu meio. Devido também a quase ausência de animais na floresta, Aokigahara apresenta um silêncio perturbador e sinistro (é só dar uma olhada nos vídeos feitos na floresta para constatar o ar estranho  e silencioso emanado pelo lugar). Devido a idade da floresta e seu peculiar silêncio, Aokigahara é considerada por muitos japoneses como um lugar maldito e lar de diversos demônios. Mas a floresta também apresenta outra particularidade macabra, é o segundo ponto onde mais ocorrem suicídios no mundo, ficando atrás apenas da ponte Golden Gate, nos EUA.



Por ano o número de mortos encontrados comumente ultrapassa a assustadora marca de 100. Geralmente os corpos são encontrados em avançado estado de putrefação e os métodos de suicídio variam bastante. São encontradas pessoas que se suicidaram por enforcamento, envenenamento e por armas de fogo (sendo a ultima bem mais rara), o método de suicídio mais frequente é o enforcamento.



As estatísticas a respeito do número de suicídios variam bastante, no período anterior a 1988, ocorriam cerca de 30 suicídios a cada ano. Os números aumentaram desde então e já chegam, só em 2004, a 108 pessoas. Muitos atribuem o aumento desse número a divulgação feita sobre esse lugar. Geralmente a imprensa é aconselhada a não veicular nada sobre os lugares onde costuma-se ser frequentado por suicidas, pela simples razão de que a noticia sempre encoraja e atrai outros que passam por extremo sofrimento e também pensam em tirar a própria vida. Mas a "maldição" da floresta não vem de hoje, muitos relatam que a floresta é palco de diversos casos sinistros ao longo da história japonesa. Conta-se que no século XVIII, devido a fome enfrentada pelo povo japonês, muitas famílias abandonavam os seus incapazes e debilitados na floresta com o intuito de mata-los, se livrando assim do fardo que eles representavam em tempos de escassez de  alimentos. Muitos japoneses acreditam que as almas dos antigos mortos ainda assombram a floresta.



Devido ao alto índice de suicídios ocorridos dentro da floresta, as autoridades japonesas espalharam avisos por todas as rotas de entrada da floresta, na tentativa de provocar a reflexão nas pessoas que se sentem perdidas e procuram a floresta para por um fim na própria vida. Os avisos pedem para as pessoas que ali forem adentrar, que saiam do local e procurem alguma ajuda. Mas apesar das placas e dos avisos o número de suicídios continua bastante elevado e a cada ano mais e mais pessoas procuram a floresta sinistra com o objetivo macabro.

Nem todos que entram na floresta concluem seu objetivo. Existem diversas pessoas que adentram na floresta mas acabam, por alguma razão, desistindo de cometer o suicídio. No ano de 2010 cerca de 247 pessoas procuraram a floresta para se matarem, mas somente 57 acabaram concluindo seu objetivo inicial.







 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...